Blog

Como manter a casa aquecida no inverno?

2024-03-04
Como manter a casa aquecida no inverno?

Como manter a casa aquecida no inverno?

2024-03-04 Público em Sustentabilidade | Partilhar
            Array
(
    [type] => Texto
    [content] => É no inverno que consumimos mais eletricidade para, maioritariamente, nos aquecermos. Em consequência sobe também o valor da fatura no final do mês. Porém, existem formas de reter o calor e aquecer a casa nesta altura do ano que não o levam à bancarrota.


No presente artigo, a Bling Energy indica algumas das práticas para economizar na fatura da eletricidade e manter a casa aquecida no inverno revela-nos como pequenos gestos no nosso quotidiano podem fazer a diferença tanto na temperatura como na carteira.

[media] => )

É no inverno que consumimos mais eletricidade para, maioritariamente, nos aquecermos. Em consequência sobe também o valor da fatura no final do mês. Porém, existem formas de reter o calor e aquecer a casa nesta altura do ano que não o levam à bancarrota.

No presente artigo, a Bling Energy indica algumas das práticas para economizar na fatura da eletricidade e manter a casa aquecida no inverno revela-nos como pequenos gestos no nosso quotidiano podem fazer a diferença tanto na temperatura como na carteira.

            Array
(
    [type] => Media
    [content] => 
    [media] => Array
        (
            [0] => Array
                (
                    [type] => Image
                    [image] => https://blingenergy.pt/wp-content/uploads/Como-manter-a-casa-aquecida-no-inverno-scaled.jpg
                    [video] => 
                    [youtube] => 
                )

        )

)
    

Como manter a casa aquecida no inverno?
            Array
(
    [type] => Texto
    [content] => 
  1. Use e abuse da luz do sol



    Aproveite a luz da manhã e deixe-a entrar na sua casa. Abra as cortinas, estores e portadas até, de preferência, ao final do dia, um pouco antes do pôr-do-sol. A partir desse momento, feche-as para que a temperatura se mantenha o mais tempo possível.



  2. Isole a sua casa



    É fundamental que a sua casa se encontre bem isolada. Caso contrário, vai ser mais difícil mantê-la aquecida. É através das janelas, caixilharias, portadas, frinchas, fissuras e vidraças que o frio entra. Por essa razão, é essencial que estes elementos sejam energeticamente eficientes. A melhor forma de isolar a sua casa é através do isolamento da cobertura, das paredes, portas e janelas que são responsáveis por desperdiçar, em média, 30%, 25% e 20% do calor, respetivamente. Contudo, esta pode ser uma solução bastante dispendiosa e nem todos têm hipótese de custeá-la. No entanto, note que a longo prazo é aquela que mais compensa monetariamente. Felizmente, atualmente, já existem várias soluções mais em conta que pode adquirir em qualquer loja de ferragens e grandes superfícies, como películas de proteção e isolamentos autoadesivos com vedação em borracha e espuma que pode colocar nos vidros das janelas.



  3. Aqueça-se com o ar condicionado e o termoacumulador



    Sabia que o ar condicionado pode ser até quatro vezes mais eficiente do que o aquecedor elétrico? Além disso, tem ainda a vantagem de poder ser usado também no verão para refrescar a sua casa. Seja como for, qualquer que seja o sistema de aquecimento que escolher, recorde-se de o ligar apenas quando necessário. Outra dica para ter em conta é de não tapar o radiador e o termóstato do aquecedor, pois estes devem estar desobstruídos para libertar calor. Caso contrário, apenas vai estar a consumir mais energia do que o devido. Paralelamente, sempre que tiver de abandonar alguma divisão ou a sua casa por breves períodos, não desligue o aquecedor. É preferível que reduza o aquecimento, de preferência até os 15ºC, para que a temperatura não baixe drasticamente, aumente a humidade e cause o surgimento de mofo nas paredes e tetos.

    E tinha noção de que os termoacumuladores e bombas de calor podem reduzir mais de 50% do consumo de energia? No inverno é a altura em que mais se tira partido da eletricidade para aquecer água e é quando se costuma tomar banhos mais quentes e prolongados. Assim, se tiver um termoacumulador, um redutor de caudal no seu chuveiro é uma boa opção para diminuir o consumo de água, poupando não só na fatura da água como na de eletricidade.

    Caso esteja disposto a investir numa solução a longo prazo, os painéis solares são uma forma excelente de economizar monetariamente, sem necessitar de passar frio para conseguir poupar algum dinheiro. Os painéis solares permitem-lhe que usufrua da mesma quantidade de energia que costuma utilizar sem aumentar a sua fatura de eletricidade no final do mês. Assim, não precisa de hesitar antes de instalar um sistema de ar condicionado ou de aquecimento e ter receio do montante a pagar.



  4. Feche as portas



    Ao deixar as portas das divisões da sua casa abertas, está a permitir uma maior circulação do ar e, por conseguinte, ao seu arrefecimento e baixa da temperatura, que é precisamente o que não quer que aconteça no inverno. Nesse sentido, não se esqueça de manter todas as portas fechadas, sempre que possível, essencialmente das divisões que não estão a ser usadas. A única porta que pode e deve estar aberta é a do forno, depois de o utilizar. Após usá-lo, deixe o calor entrar na sua cozinha e delicie-se com o cheirinho dos seus cozinhados.



  5. Não se esqueça da decoração



    Tal como referido anteriormente, o parco isolamento das paredes permite que o frio da rua entre dentro do seu lar. Uma forma de colmatar este aspeto, é através da decoração. Liberte o designer de interiores em si e preencha as suas paredes com quadros, fotografias, estantes, móveis e espelhos. Assim, o calor é retido por estes objetos, que podem ser complementados por mantas, cobertores, almofadas, tapetes e cortinas pesadas. Desta forma a sua casa vai estar aquecida, bonita e acolhedora.


Neste inverno, esqueça os dias gelados e ponha em prática as dicas apresentadas para que o frio fique lá fora e o quente invada o seu lar.

[media] => )

  1. Use e abuse da luz do sol



    Aproveite a luz da manhã e deixe-a entrar na sua casa. Abra as cortinas, estores e portadas até, de preferência, ao final do dia, um pouco antes do pôr-do-sol. A partir desse momento, feche-as para que a temperatura se mantenha o mais tempo possível.



  2. Isole a sua casa



    É fundamental que a sua casa se encontre bem isolada. Caso contrário, vai ser mais difícil mantê-la aquecida. É através das janelas, caixilharias, portadas, frinchas, fissuras e vidraças que o frio entra. Por essa razão, é essencial que estes elementos sejam energeticamente eficientes. A melhor forma de isolar a sua casa é através do isolamento da cobertura, das paredes, portas e janelas que são responsáveis por desperdiçar, em média, 30%, 25% e 20% do calor, respetivamente. Contudo, esta pode ser uma solução bastante dispendiosa e nem todos têm hipótese de custeá-la. No entanto, note que a longo prazo é aquela que mais compensa monetariamente. Felizmente, atualmente, já existem várias soluções mais em conta que pode adquirir em qualquer loja de ferragens e grandes superfícies, como películas de proteção e isolamentos autoadesivos com vedação em borracha e espuma que pode colocar nos vidros das janelas.



  3. Aqueça-se com o ar condicionado e o termoacumulador



    Sabia que o ar condicionado pode ser até quatro vezes mais eficiente do que o aquecedor elétrico? Além disso, tem ainda a vantagem de poder ser usado também no verão para refrescar a sua casa. Seja como for, qualquer que seja o sistema de aquecimento que escolher, recorde-se de o ligar apenas quando necessário. Outra dica para ter em conta é de não tapar o radiador e o termóstato do aquecedor, pois estes devem estar desobstruídos para libertar calor. Caso contrário, apenas vai estar a consumir mais energia do que o devido. Paralelamente, sempre que tiver de abandonar alguma divisão ou a sua casa por breves períodos, não desligue o aquecedor. É preferível que reduza o aquecimento, de preferência até os 15ºC, para que a temperatura não baixe drasticamente, aumente a humidade e cause o surgimento de mofo nas paredes e tetos.

    E tinha noção de que os termoacumuladores e bombas de calor podem reduzir mais de 50% do consumo de energia? No inverno é a altura em que mais se tira partido da eletricidade para aquecer água e é quando se costuma tomar banhos mais quentes e prolongados. Assim, se tiver um termoacumulador, um redutor de caudal no seu chuveiro é uma boa opção para diminuir o consumo de água, poupando não só na fatura da água como na de eletricidade.

    Caso esteja disposto a investir numa solução a longo prazo, os painéis solares são uma forma excelente de economizar monetariamente, sem necessitar de passar frio para conseguir poupar algum dinheiro. Os painéis solares permitem-lhe que usufrua da mesma quantidade de energia que costuma utilizar sem aumentar a sua fatura de eletricidade no final do mês. Assim, não precisa de hesitar antes de instalar um sistema de ar condicionado ou de aquecimento e ter receio do montante a pagar.



  4. Feche as portas



    Ao deixar as portas das divisões da sua casa abertas, está a permitir uma maior circulação do ar e, por conseguinte, ao seu arrefecimento e baixa da temperatura, que é precisamente o que não quer que aconteça no inverno. Nesse sentido, não se esqueça de manter todas as portas fechadas, sempre que possível, essencialmente das divisões que não estão a ser usadas. A única porta que pode e deve estar aberta é a do forno, depois de o utilizar. Após usá-lo, deixe o calor entrar na sua cozinha e delicie-se com o cheirinho dos seus cozinhados.



  5. Não se esqueça da decoração



    Tal como referido anteriormente, o parco isolamento das paredes permite que o frio da rua entre dentro do seu lar. Uma forma de colmatar este aspeto, é através da decoração. Liberte o designer de interiores em si e preencha as suas paredes com quadros, fotografias, estantes, móveis e espelhos. Assim, o calor é retido por estes objetos, que podem ser complementados por mantas, cobertores, almofadas, tapetes e cortinas pesadas. Desta forma a sua casa vai estar aquecida, bonita e acolhedora.


Neste inverno, esqueça os dias gelados e ponha em prática as dicas apresentadas para que o frio fique lá fora e o quente invada o seu lar.

            Array
(
    [type] => Texto
    [content] => Fonte: Sapo Lifestyle
    [media] => 
)
    
Fornecedor de eletricidade. Como escolher?
Sustentabilidade
Fornecedor de eletricidade. Como escolher?

Descubra neste artigo dicas para poupar energia elétrica com as recomendações da Bling Energy. Domine a arte de conservar energia e reduzir custos com os nossos conselhos personalizados, elaborados para ajudá-lo a prosperar enquanto diminui o seu consumo energético.

Incentivos à instalação de painéis solares
Sustentabilidade
Incentivos à instalação de painéis solares

Descubra neste artigo dicas para poupar energia elétrica com as recomendações da Bling Energy. Domine a arte de conservar energia e reduzir custos com os nossos conselhos personalizados, elaborados para ajudá-lo a prosperar enquanto diminui o seu consumo energético.

7 dicas de como poupar energia no dia-a-dia
Sustentabilidade
7 dicas de como poupar energia no dia-a-dia

Descubra neste artigo dicas para poupar energia elétrica com as recomendações da Bling Energy. Domine a arte de conservar energia e reduzir custos com os nossos conselhos personalizados, elaborados para ajudá-lo a prosperar enquanto diminui o seu consumo energético.

Quais os modos de carregamento de veículos elétricos que existem?
Sustentabilidade
Quais os modos de carregamento de veículos elétricos que existem?

Um número crescente de fabricantes produz e lança novos modelos de veículos elétricos. A compra destes automóveis é altamente incentivada, uma vez que contribuem para a sustentabilidade do planeta. Se já tinha este assunto em mente e está a ponderar investir num carro elétrico, descubra neste artigo tudo sobre como pode carregá-lo.

Sabe como a energia solar o pode ajudar?
Energia
Sabe como a energia solar o pode ajudar?

Já se questionou como um raio de sol pode ajudar a reduzir a sua fatura de eletricidade? Seja então bem-vindo ao fascinante mundo da energia solar. Mesmo que já tenha ouvido falar deste recurso, há muito mais para descobrir.

Qual o melhor equipamento para aquecer a casa?
Sustentabilidade
Qual o melhor equipamento para aquecer a casa?

No mercado, são várias as opções de equipamentos que se encontram disponíveis para mitigar em casa o efeito das temperaturas baixas nos meses mais frios: esquentadores, termoacumuladores, caldeiras e bombas de calor. Saiba qual a compra indicada para si.

Conheça os diferentes tipos de painéis solares
Paineis Solares
Conheça os diferentes tipos de painéis solares

A procura dos portugueses pela instalação de painéis solares nas suas casas tem vindo a crescer significativamente. Trata-se de sistemas que utilizam a luz do sol para fornecer energia e que prometem gerar poupanças avultadas na fatura da eletricidade.

estrela bling